Gritos de Alerta - Inferno beat!


Hoje venho apresentar à vocês uma das melhores (talvez a melhor se o assunto for hardcore) bandas que Porto Alegre já teve, a Gritos de Alerta. A banda foi formada após o fim da Terror Terror, em 2001, pelos irmãos Renan e Gustavo Favero (vocalista e baixista, respectivamente), Michel Munhoz (bateria) e Moisés Borba (guitarra), e esteve em atividade até 2007. O som da banda era um hardcore violentíssimo altamente influenciado pelas bandas suecas e finlandesas, além do raw crust de bandas como Extreme Noise Terror e Disrupt e até alguns elementos de grindcore. As letras em sua maioria tratam de temas políticos e sociais e refletem sobre a condição humana.



Enquanto durou, a banda foi uma das mais ativas da "cena" (que palavra mais cretina) de Porto Alegre, chegaram a tocar em São Paulo, inclusive, e dividiram o palco com bandas como Riistetyt, World Burns To Death, Kuolema, Força Makabra e Sick Terror. Boa parte dessas bandas foram trazidas à Porto Alegre pelo próprio Renan, através do seu selo Terrötten Records, que está até hoje em atividade e lançou basicamente todos os registros da Gritos de Alerta.


A banda passou por algumas trocas de formações. A primeira foi em 2004 quando Moisés decidiu sair. Em seu lugar entrou Vitor Richter (Diatribe, Entre Rejas), que ficou na banda até 2005 e gravou com a Gritos de Alerta o split 7'' com o Sick Terror. Em seu lugar entrou Rodrigo (ex-Tumor, Infinity War, Alcapones), que ficou na banda até o seu fim, em 2007. A banda teve um breve retorno em 2011 com sua última formação, com Rodrigo nas guitarras, para gravar um cover da belíssima canção "Why?" para um tributo ao Discharge, porém não houveram shows e sequer cogitaram uma volta definitiva.



Infelizmente, a banda nunca lançou nenhum disco "full", apenas splits em vinil 7'' com outras bandas (incluindo Sick Terror, Jesus Cröst, Krush e Heresia) e uma demo. A maior parte dos materiais da Gritos de Alerta já foram esgotados, mas o que restou você ainda pode comprar pela própria Terröten Records, de propriedade do Renan, que inclusive vem lançando bastante coisa marota e vendendo podreira para os jovens por preços bastante acessíveis. Também é possível achar algo da banda nos Ebay's e Mercado's Livre's da vida, mas aí é outro assunto...


Após o fim da Gritos de Alerta, Michel entrou para a Damn Laser Vampires e atualmente toca comigo e com o Rodrigo na banda de hardcore Viruskorrosivus, Gustavo que já tocava baixo também na Unidos Pelo Ódio seguiu firme na mesma até o final da banda em 2010, Rodrigo formou a Disträto (banda que infelizmente já acabou e não chegou a lançar nenhum registro) e Renan ficou apenas com a Terrötten até 2010, quando formou junto com o Gustavo e outros ex-membros da Unidos Pelo Ódio, Leandro e Júlio, a banda crust Living In Hell. Gustavo saiu da Living in Hell em 2011 e no seu lugar entrou João Carvalho (que também toca conosco na Viruskorrosivus e era batera da Disträto) e atualmente estão gravando o seu primeiro disco, além de terem lançado no ano passado o EP 7'' "Portões", que também pode ser adquirido pela Terrötten Records.

Como a banda nunca lançou nenhum disco, reuni em um único arquivo praticamente tudo que a Gritos de Alerta lançou. Aqui estão todos os sons dos splits com o Heresia, Jesus Cröst, Krush e Sick Terror, além de dois covers, o do Discharge para "Why" e um do Heresy para "Build Up/Knock It Down". Faltou apenas os sons do 4 Way Split com o Sick Terror, Lady Die e Beyond Description, que não consegui achar em lugar nenhum e a demo, que creio eu nem os membros da banda ter mais... Baixe aqui e confira o mais violento crusty hardcore thrash já produzido na capital gaudéria. O legado da banda não pode ser esquecido!

2 thoughts on “Gritos de Alerta - Inferno beat!”

Leave a Reply