Os Melhores Discos de 2013 - Parte II

Então pessoal, ontem  o Maurício botou a primeira parte dos melhores de 2013. Como nós montamos a lista juntos e tivemos muitos nomes e alguns deles em comum, resolvemos fazer em 2 partes. Boa parte das bandas que ia citar já estão no post anterior que você pode conferir aqui, por isso vou focar em outras bandas e linhas de som nesse post, pois realmente escutei muita coisa esse ano. Como tenho uma mania de organização, vou dividir o post em seções, começemos pela primeira:

REVELAÇÕES DO ANO


SHIT HEROES - MMXIII


O Grupo paulistano faz um negative hardcore violento e pertubador, na linha da nova geração de som caótico como Weekend Nachos, Dead In The Dirt e até uma distorção que poderia fazer parte de um álbum do Rotten Sound. Produção barulhenta, microfonias constantes, noise, samples doentios e letras abrasivas permeiam esse álbum. Você pode apreciar (e baixar de graça) nesse belo link aqui.

GOD DEMISE - GOD DEMISE


Vindos do Belo Horizonte, o God Demise é outra dessas bandas que está divulgando o hardcore "bad vibe" no Brasil. Para aqueles que sentem falta de bandas como Cursed nesse mundo, acho que os mineiros podem matar sua saudade, hardcore sludge cretino e arrastador de corrente. Não duvido que essa turma chame a atenção da geração "Cvlt Nationcore" lá fora e consiga uma boa notoriedade, você pode escutar e baixar o trampo dos caras aqui.

ALÉM DO FIM - ALÉM DO FIM (EP)


Sim, é uma banda nada típica do repertório que apresento no blog, essa turma de Porto Alegre . O som da banda é um metalcore com influências do tal do "Djent" (uma subcultura que, assim como powerviolence e d-beat, acabaram virando um "gênero" musical pelo uso constante e errôneo do termo), que usa uns tempos quebrados, guitarras de 7/8 cordas em afinações baixas e blá blá blá. Influenciado pelas novas gerações do metalcore de grupos como While She Sleeps, Northlane e Volumes. Apesar de soarem "acessíveis", noto que há um pouco de criatividade e referenciais curiosos, algo que realmente falta nessas gerações mais novas. Recomendo nem que seja apenas pela curiosidade, legal mesmo de ver bandas de uma zona que muitos acham "mainstream" com algo interessante a mostrar.Você pode baixar o EP neste link.

WOLFNOTE - DEMO


Se lembram do Harm's Way? O guitarrista Bo Leuders criou uma banda de emo/pop punk chamada Wolfnote, para quem é fã de nomes como Fugazi, Embrace, Sunny Day Real State é um prato cheio. Músicas simples com melodias cativantes, não tem muito o que falar, apenas apreciar. Você pode escutar e baixar a demo aqui.

EP'S DO ANO:


SICK VISIONS - IRRATIONAL


Vindos de Volta Redonda, o Sick Visions conta com membros do Deaf Kids, Alchemists, Homem Elefante e o vocalista da banda yankee Prothestics. Os caras fazem uma mistura de hardcore e rock'n'roll na linha de bandas como Poison Idea, Burning Love e o Black Flag na era pós Slip it In. Neurótico, catártico, cheio de energia e raiva no coração, você pode baixar e escutar o EP dos caras aqui. (não tinha link de nada do Ep no youtube e não conseguia embedar o player do bandcamp aqui, falha nossa.)

HARMS WAY - BLINDED


A trupe SxEx de Chicago acerta na jugular da sociedade novamente. Saindo dos ares mais groovados e moshcoreiros do álbum anterior, Harms Way dessa vez mistura o hardcore com alguns elementos industriais e efeitos de pedais com a pegada e fúria do Death Sueco. Nessa cruza de Godflesh com Dismember e Merauder, temos uma das pedradas do ano nesse EP. Curioso se a fórmula vai persistir num futuro álbum.

BROKEN CROSS - ANTI HUMAN LIFE


Broken Cross é uma one man band sueca que faz um metal punk lo fi, com influência de nomes como Power From Hell, GISM, Zouo e Hellhammer. O EP contém cinco faixas que demonstram riffs e solos pegajosos, produção crua e atolada em reverb. Apreciem essa monstruosidade e baixem ela neste link.

RINGWORM - BLEED


Com sua mistura de crossover/hardcore impiedosa, o Ringworm acerta lindamente com esse EP. Mosh seguido de mosh em cada faixa, além de um cover MAGNÍFICO do Discharge. Human Furnace e seus comparsas nunca decepcionam!  

ARMAGEDOM - GANÂNCIA IRRACIONAL EXTINÇÃO INEVITÁVEL


Armagedom é uma das minhas bandas nacionais prediletas, esse EP é um dos bons motivos para justificar o porque curto demais essa banda. Visceral, direto, na cara e sem frescura, os vocais de Renato Gimenez (Social Chaos,Kroni) estão massacrantes, música para agitar a sua vida crust monocromática. Baixe/escute aqui e aprecie THE REAL DEATHCORE!

FALL OUT BOY - PAX AM DAYS (a.k.a. menção honrosa)


Isso mesmo, Fall Out Boy tocou hardcore um dia! Piadas a parte, confesso ter torcido muito o nariz quando ouvi falar da existência desse EP. Porém devido ao histórico da banda antes do F.O.B. (Patrick Stump, vocalista da banda, já tocou bateria para diversas bandas de fastcore em Chicago) e do fato do grupo ter sido formado das cinzas do Arma Angelus, acho que os garotos caidões merecem uma menção honrosa nessa lista. Pois é um EP com músicas interessantes, ainda mais sabendo de quem veio.

ÁLBUNS DO ANO:


INTEGRITY - SUICIDE BLACK SNAKE



Em posts anteriores já comentei a história e unicidade dessa banda. Apesar de usar músicas do EP Detonate Worlds Plague/Thee Destroy+ORR. A dupla dinâmica de Dwid Hellion e Robert Orr fizeram um álbum impecável, a mistura de hardcore com o metal punk japonês de nomes como GISM e Zouo está atingindo seu ápice neste álbum. Além disso, há novos elementos como a balada blues que é "There Ain't No Living In Life" com direito a harmonica! Esse álbum é realmente o aperfeiçoamento da nova era do Integrity, viúvas da era Melnick continuarão reclamando, fazer o que...

NAILS - ABANDON ALL LIFE



Nails é uma banda Californiana que faz uma mistura brutal de hardcore, grind, death metal e powerviolence. Abandon All Life não deixa sobreviventes, menos de 18 minutos e você sentirá o inferno possuir seu corpo e mente nesse álbum. A obra toda é perfeita, mas os destaques vão para a faixa título do disco, Wide Open Wound e Absolute Control. Tire os móveis da sala e pedestres desavisados do seu bairro na hora que escutar esse turbilhão de violência sonora. Definitivamente o disco mais BRUTAL de 2013!

TESLA BOY - THE UNIVERSE MADE OF DARKNESS


Sei que pode parecer chocante, mas eu AMO synth pop/new wave e afins. Mas de 2011 pra cá está havendo um boom desse gênero musical no mundo. Gravadoras como Valerie e Italians Do It Better espalham a volta da alma oitentista no mundo pop. Nessa onda toda surgiu o Tesla Boy, esses russos tem o charme e upbeat de grupos como Duran Duran, Information Society e Depeche Mode. "The Universe Made Of Darkness" tem tudo que uma danceteria precisa, refrões grudentos e carismáticos. Músicas como Fantasy, 1991  e M.C.H.T.E. vão te fazer sair dançando de roller blades por aí com o mp3 em mãos, óculos gigantescos, shorts com cores neon e um cabelo aerodinâmico!

CHELSEA WOLFE - PAIN IS BEAUTY


Em tempos de Lanas del Rey, Beyonces, Ke$has Lady Gagas e essas "divas", Chelsea Wolfe é uma brisa fresca de inovação e atmosfera. Representando o lado alternativo das "musas pop", Pain Is Beauty é um álbum melancólico, emocional, atmosférico e introspectivo. Desde faixas eletronicas, passando por guitarras, crescendos, coros, new age e world music. Destaques são as faixas We Hit A Wall, Destruction Makes The World Burns Brighter e Feral Love. Chelsea será a Jarboe e Zola Jesus da geração Y.

HOAX - HOAX


Vindos de Boston, o Hoax é provavelmente a banda mais agressiva, doentia e crua do hardcore  atual. O quarteto já vinha chamando atenção pelos seus EP's auto intitulados, com suas letras raivosas, produção crua e as performances violentas no palco. Nota-se a influência de nomes como Die Kreuzen, SS Decontrol e aquele toque de maldade típica de um Hellhammer, o Hoax é o hardcore na sua forma mais primitiva, doente e odiosa. Enquanto o Nails te atinge feito uma patrola e te nocautea sem saber, o Hoax é uma espécie de veneno lento, corrosivo e torturador. O disco mais doentio que saiu esse ano na parte do HC.Se quer a prova, eles liberaram para download nesse link.

CARRION SUNFLOWER - THE ROMANTIC YOUTH OF JESUS


Carrion Sunflower é um projeto acústico vindo de Berlin, fazendo um folk depressivo, simples e emocionalmente carregado. Diferente da onda neofolk, que procura misturar andamentos marciais, orquestras e industrialismos, esse álbum é apenas uma voz, um violão e uma produção completamente lo-fi. Lembrando muitas vezes as gravações de Charles Manson (que não duvido ser a influência desse projeto), dando aquele ar de calmaria, porém seguidas de uma desolação. Um belíssimo álbum.

CORRECTIONS HOUSE - LAST CITY ZERO


Corrections House é um "supergrupo" formado por Mike Williams (Eyehategod), Scott Kelly (Neurosis), Bruce Lamont (Yakuza) e Sanford Parker (Minsk). Difícil explicar que música eles fazem, é algo experimental, novo, atmosférico e opressivo/inspirador. Há elementos de Drone, de Doom, de Industrial, até Folk isso tem. Não vou mentir que é um dos álbuns mais únicos que saiu esse ano, pegamos a atmosfera do Pink Floyd da era Barrett, misturamos com os riffs simples do Neurosis e o industrial bizarro do Skinny Puppy e você poderá chegar PERTO de entender o que é isso. É um daqueles álbuns que precisará de alguns anos para ser considerado um clássico incompreendido, pois realmente é algo além do nosso tempo.

DEAF KIDS - THE UPPER HAND


Dovglas nos supreende mais uma vez, Deaf Kids é um dos novos nomes mais incríveis que surgiu nesses últimos tempos do Brasil. Conhecidos pelo seu crust reverberado e vocais black metaleiros, o Deaf Kids foi um passo adiante nesse primeiro Full Length. Nota-se novos elementos e influências como Swans na faixa I'm Yours e Drugged With Happiness, sem falar da faixa título da obra que soa como um Sleep versão niilista, pura raiva Sludge/Stoner. Porém o d-beat ainda esta lá, e mais furioso que nunca, a produção está completamente cavernos, houve um amadurecimento muito grande nas composições, uma jornada no inferno da existência moderna. Tive com eles o mesmo problema do Sick Visons em embedar os links, mais uma vez, falha nossa. Mas pode conferir o álbum e baixar ele aqui.

TOXIC HOLOCAUST - CHEMISTRY OF CONSCIOUSNESS


Vou ser sincero com vocês: Thrash Metal é gênero de metal extremo que menos me atrai, talvez porque meus primeiros contatos foram com o Big Four e me senti forçado a escutar mais quando teve o revival thrasher, mas nunca me descia muito bem. Raras eram as bandas que me faziam pirar, e Toxic Holocaust é uma delas, talvez pelo fato de que a veia punk que eles tem é mais forte que a tendência metal. Nesse ano Joel Grind e sua turma lançam o Chemistry of Consciousness que, ao meu ver, é o álbum mais "técnico" deles, isso significa que o som ficou tedioso? MUITO PELO CONTRÁRIO. As músicas tem bem mais riffs que antes sim, mas é um riff mais porrada na cara que o outro, d-beat comendo solto e dentes voando para todos os lados. Acho que o clipe e a música acima é tudo que você precisa saber de motivação para escutar esse disco. Toxic Holocaust é uma das pouquissimas bandas que fica mais pesada e brutal conforme os anos, que eles nunca "amadureçam" como seus colegas thrashers. (né Evile?)

SOROR DOLOROSA - NO MORE HEROES


Soror Dolorosa é uma banda francesa, que faz um pós punk/darkwave na linha do Joy Division, Ayslum Party e os primeiros discos do The Cure, esse é o segundo full length dos caras. Saindo um pouco dos ares ecoados e clima "Disintegriation" do Blind Scenes, o No Mo Heroes é um álbum mais variado e único, desde músicas mais upbeat como The Figure Of The Night  e o seu refrão crescente, a balada quasi dream pop que é Motherland e o goticismo de Hologram que orgulharia o Sisters Of Mercy. Além das músicas citadas, os outros destaques ficam para Sound & Death e A Dead Yesterday

Então é isso minha gente, feliz ano novo e esperamos continuar lhes compartilhando mais recomendações de bandas, fazer mais entrevistas e também temos alguns planos especiais que esperamos por em prática a partir do ano que vem. Boas Festas e espero que apreciem as nossas listas, há braços!

One thought on “Os Melhores Discos de 2013 - Parte II”

  1. Bom dia,

    vi que seu site oferece arquivos para baixar. O Minhateca.com.br é um site de armazenamento e compartilhamento de arquivos com espaço ILIMITADO e totalmente gratuito! Sem tempo de espera ou qualquer restrição, download ilimitado e super rápido - 100% GRATIS! Porque não usa nosso site para hospedar os arquivos do seu site?

Leave a Reply