Post especial do dia da mulher - Não, não teremos Runaways...

Na verdade ambos os autores do blog tinham ideias diferentes para posts hoje, mas achamos que o dia de hoje renderia um bom número de recomendações interessantes. Então hoje, dia internacional da mulher, iremos recomendar nesse post bandas fodásticas com mulheres na sua formação, sejam elas as frontgirls, boa parte da formação ou uma all girl band. E não, não recomendaremos Nervosa...

Enfim,  vamos para a lista:

DödsÄngel
 

Vinda do Canadá, essa garota prova que pra ser rockeira lá não precisa pintar cabelo de rosa, vestir-se como o Alexi Lahio e falar sobre garoto skatista. Essa one woman band faz um black metal old school, cru, sombrio e digno de vocês que comem cereal com Dollynho (convenhamos, você não deve ter amor a vida se tens tal hábito alimentar...).


DödsÄngel só tem uma demo, "Helgrind" que você pode baixar aqui.

Gallhammer
 

Como tenho um grande fascínio pela cena japonesa de música passada, não podia deixar de citar esse trio. Black metal com pitadas de Crust e até mesmo Doom, as garotas do Gallhammer fazem uma música absurda!


A banda ó tem 3 álbuns até agora, baixe aqui o disco "Ill Innocence", segundo da banda e o melhor na opinião desse blogueiro maroto.

O respeito é tamanho que se você ver o documentário "A Dying God" sobre o Celtic Frost, você verá uma cena onde Tom Warrior e sua trupe acompanham o ensaio dessas japonesas, sentiu a responsa?

Signal Lost


Esse grupo americano conta com uma frontwoman e uma baixista fazem um mix de pós punk com hardcore absurdamente fodástico. Baita melodias e uma cadência incrível nesse grupo, a vocalista Ashley Marshall até participou em uma música dos mitos do "burning spirit" não oriental, World Burns To Death.


Com 2 álbuns por enquanto na sua discografia, deixo aqui o "Prosthetic Screams" para ser conferido.

Grimes


Saindo do barulho, a Grimes é uma cantora canadense que faz uma mistura bem legal, passando pelo Synth Pop, industrial, darkwave e até um pouco de experimentalismo. Já fizeram comparações da música dela como "Aphex Twin tendo um filho com o Abba".  Cada música é uma viagem diferente, com muita atmosfera e ambiência, além do timbre de voz quase infantil dando todo um ar relaxante na sua obra.


Com apenas 24 anos, a canadense já tem 3 albuns e um split, confira aqui o último disco, "Visions".

Amanda Palmer e Dresden Dolls


Dresden Dolls é uma dupla que consiste de um baterista (Brian Vinglione) e uma pianista (Amanda Palmer), que curiosamente se definiam como "Cabaret Punk Brechtiano", difícil de explicar o som, mas é como se o filme Moulin Rouge virasse uma banda punk com músicas que falam de sexualidade, seja com relações, amor, parafilias, operações de troca de sexo...


Em 2008, após lançarem o seu terceiro disco, o grupo entrou em hiato, com Amanda focando em sua carreira solo. Nessa mudança, a pianista se foca mais no rock e outros gêneros, rola até uma baladinha com ukulele que incrivelmente não soa nem um pouco praiana.


Após 3 discos na carreira solo e participação em outros projetos, Amanda decide se reunir com Brian e o Dresden Dolls voltou em 2010, porém não saíram músicas novas ainda dessa reunião.

Deixarei aqui o link pro primeiro disco do Dresden Dolls e também deixo um link pro primeiro disco solo de Amanda Palmer.

The Gits


The Gits foi uma banda de punk rock de Seattle, formada em 1986, naquela efervescência de bandas que surgiram na região pelo final dos anos 80 e início dos anos 90, que ao contrário do que muitos pensam, foi algo muito além do grunge. A banda ficou conhecida pelo seu som enérgico e performances insanas. A formação da banda consistia com a frontgirl Mia Zapata nos vocais, Joe Spleen nas guitarras, Matt Dresdner no baixo e Steve Moriarty na batera.



A banda acabou em 1993 após o assassinato de Mia Zapata. Ela foi brutalmente estuprada e assassanidada na noite de 7 de julho daquele ano, enquanto voltava para casa de um bar. O caso ficou sem solução durante sete anos, até que após muitas investigações e testes de DNA apontaram um pescador chamado Jesus Mezquia com principal suspeito. Mezquia acabou sendo considerado pelo júri como culpado e foi condenado em março de 2004 à 36 anos de prisão.

Enquanto ativa, a banda lançou dois discos de estúdio, três singles, um disco ao vivo e participou de várias coletâneas. Embora nunca tenham assinado com uma major, é uma das bandas mais respeitadas e cultuadas do underground de Seattle até hoje, e muitas vocalistas de girl bands vem citando Mia Zapata como influência. Deixo aqui o download para o primeiro disco da banda, "Frenching the Bully" de 1992.

Fastbacks


Também de Seattle, o Fastbacks fazia um som baseado no punk rock com bastante influência ramônica e do pop bubblegum dos anos 60. A banda foi formada em 1979 por Kurt Bloch (guitarra), Lulu Gargiulo (guitarra e vocal) e Kim Warnick (baixista e vocalista) e encerrou suas atividades em 2001. Foi uma das primeiras bandas de punk rock de Seattle.

A banda teve sempre constante em sua formação Lulu, Kurt e Kim, porém o posto de baterista era sempre instável. Até Duff McKagan (sim, o cara do Guns) já ocupou o posto de batera da banda. A banda sempre teve bastante destaque na cena de Seattle e chegou a assinar com a Sub Pop por volta de 1992. Antes disso eram do cast da Pop Llama, outra gravadora independente de Seattle bastante importante.



Para baixar, deixo o primeiro álbum deles, "Fastbacks and His Orchestra", em minha opinião o melhor da banda um dos melhores discos de todos os tempos. Simples, autêntico e mesmo belo. As canções pop punk ficam ainda mais deliciosas de se ouvir com os vocais femininos, que dá um gostinho especial na coisa. Altamente recomendado e viciante!

Demolition Doll Rods


A banda é de Detroit. Só pela localidade já deduzimos que é veneno. Como mentor, tem Danny Doll Rod (guitarrista), que era do Gories. Ausência de baixo, influências de Cramps, Stooges, MC5 e Jon Spencer Blues Explosion. E ainda, duas garotas na banda, Margaret Doll Rod (guitarra e vocal) e Christine Doll Rod (bateria). Rock 'n' roll altamente primitivo, regressivo, sem pudor, selvagem e garageiro!



A banda ganhou destaque pelos seus shows, absolutamente insanos, onde costumavam tocar vestidos de drag queens, fantasiados de roupas sadomasoquistas ou mesmo nus. Sem pudor nenhum mesmo. E as letras, nem preciso falar que falam dessas coisas lindas como sexo, drogas, corridas, meninos & meninas, mais sexo... Ou seja, LINDO!

A banda encerrou as atividades em 2007, depois de 13 anos sem parar (a banda foi formada em 1996). Deixo aqui o disco "Tasty", de 1997, altamente recomendado para os apreciadores do rock 'n' roll regressivo, sacana e sem precedentes.

Gorilla Angreb


Formada em 1999 inicialmente apenas como um projeto dos membros da banda Amdi Petersens Armé e sendo levada mais à sério em 2002 após o fim da mesma, o Gorilla Angreb é de Compenhague, Dinamarca, e uma das bandas mais legais que aquele país já teve. Formada por Mai Sydendal (linda...) nos vocais, Peter Bonneman na guitarra e vocal, Retardo no baixo e Tommas "Banger" Svendsen na bateria, a banda manda um som baseado no punk rock clássico dos anos 70 e nas bandas americanas dos anos 80, além de algumas pirações garage e pós punk. Também cantam em dinamarquês, não dá pra entender merda nenhuma, mas é muito massa.



A banda encerrou as atividades em 2007 e nunca chegou a lançar nenhum full lenght, porém lançou vários singles 7'' e EPs, que em 2006 foram compilados em um CD que leva simplesmente o nome da banda e traz todo esse material. Aliás, essa é a coletânea que deixo aqui para quem quiser conferir a banda. Para fãs de X, Wipers, Germs, Regulations, Vicious, Masshysteri e Wax Idols.

Post idealizado por Rodrigo.
Releases DödsÄngel, Gallhammer, Signal Lost, Grimes, Dresden Dolls e Amanda Palmer por Rodrigo.
Releases The Gits, Fastbacks, Demolition Doll Rods e Gorilla Angreb por Maurício.

4 thoughts on “Post especial do dia da mulher - Não, não teremos Runaways...”

  1. Muito bom!!!! Sacado não ter Runaways KKKKKKKKK Gits e Fastbacks mandaram bem demais. A Grimes é o melhor som novo que tá rolando, disparado. Até agora ainda não queimou o filme! Essa muleka é foda!!!!!!!!!

Leave a Reply